4 de dez de 2011

A síntese

Paredes iguais
Todas pintadas de cinza
Assim nos sentimos no meio
Onde deixaram meu arco-íris?

E essas paredes
Tais como muros altos nos dividem
Em cada própria personalidade
E o chão não nos pertence
Mas sim aos que não nos tem

Talvez nada nos pinte de novo
Talvez haja algo de verdadeiro
Talvez sintamos falta deles
Talvez sintamos falta de nós mesmo

E então quando nos colorirmos, saberemos quais paredes não são cinza, pois elas não desabarão pra nos sufocar.
Quando nos pintarmos veremos o céu azul e nossa mente ficará clara.
Não tenhamos medo.

Nenhum comentário: