28 de mar de 2015

as vezes me pergunto da existência de certas coisas, a própria existência é uma delas, talvez  não passo apenas de uma sombra não nítida desfocada que fortuitamente traça conexão com algumas outras ondas aleatórias. Conexão que dificilmente vai mostrar todas as características, a velocidade da onda e sua não linearidade impede de fazer contato com conhecimentos mais palpáveis, como a amplitude e a inclinação.  Tudo isso pode parecer apenas uma ilusão de coincidência, mas apenas com luz a sombra consegue denotar-se, a onda desfocada precisa, no mínimo, do sol. Sob luzes artificias e condições não naturais a sombra pode virar uma tênue névoa .  Sol deserto, sonho translúcido, a luz, onda que leva á percepção e a mobilidade das ondas também transforma sombras em seres e seres em puros fractais,

Nenhum comentário: