21 de set de 2012

Tragédia cumulativa

Toda a água da nossa garrafa
Escoou para fora
Tal como o sangue 
De um homem que trabalha no mangue
Catando caranguejos em meio a lama
Só pensando em ir pra cama
Com a sua vizinha
A velha Terezinha
Viúva já 3 vezes
E que mandou seu último marido
Ficar no hospício 100 meses
Dado como louco foi o homem
E agora em indigna prisão
Falam até em tortura
Uns dizem que é doença
Que nem existe cura
Outros dizem que é pura loucura
Mas todos eles não sabem
Que sua verdadeira tortura
É que sofre de paixão
Numa grande ilusão.

Nenhum comentário: